Lista com os 10 principais concursos previstos para 2021

Entre os concursos previstos mais esperados para 2021, os grandes destaques são para a Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e Prefeitura de São Paulo. Confira a lista completa:

Concurso PF – Polícia Federal

A publicação da portaria autorizativa do aguardado concurso PF (Polícia Federal) pode sair a qualquer momento. Segundo fontes ligadas ao órgão, a tendência é de que o documento seja liberado juntamente com a autorização do concurso PRF.

De qualquer forma, a publicação do edital de abertura de inscrições deverá ficar mesmo para 2021, conforme anunciou recentemente o presidente Jair Bolsonaro. O concurso contará com uma oferta de 2.000 vagas, todas para carreiras policiais, com exigência de nível superior e iniciais de até R$ 23.692,74.

Concurso PRF – Polícia Rodoviária Federal

Mesmo com a possibilidade de atraso na publicação do edital do aguardado concurso PRF (Polícia Rodoviária Federal), a aplicação das provas deve mesmo ocorrer no primeiro semestre de 2021. A confirmação é do diretor-executivo da PRF, José Lopes Hott Junior, em resposta a candidatos em suas redes sociais. A intenção ainda é publicar o edital até dezembro, com aplicação das provas objetivas em abril.

Concurso Receita Federal

Mesmo com a expectativa pela autorização de um novo concurso Receita Federal, a necessidade de pessoal no órgão vem aumentando cada vez mais e supera, em muito, o quantitativo solicitado para um novo edital. De acordo com levantamento funcional divulgado pelo governo em julho, o órgão conta com necessidade de pelo menos 22.715 servidores, isso considerando somente os cargos de auditor e analista.

O total do pedido encaminhado em maio para o governo é de 3.360 vagas, sendo 1.000 para cargos com exigência de ensino médio e 2.360 para nível superior. As remunerações iniciais dos cargos chegam a R$ 21.029.09.

Concurso PC SP – Polícia Civil do Estado de São Paulo

Embora um novo concurso Polícia Civil SP (PC SP) já esteja autorizado, desde junho de 2019, com edital previsto para ser publicado após a superação da crise de saúde ocasionada pela Covid-19, levantamento aponta que a real necessidade de contratações já supera o dobro do total de vagas autorizadas pelo governador João Doria.

O aval do governo contempla um total de 2.939, distribuídas pelos cargos de investigador, escrivão, delegado e médico legista. No entanto, a real necessidade de pessoal para estes cargos já supera 7.009 vagas. Com isto, a expectativa é de que o governo convoque muitos remanescentes durante o prazo de validade da seleção.

Concurso PM SP – Polícia Militar do Estado de São Paulo

O edital do aguardado concurso PM SP (Polícia Militar do Estado de São Paulo) para soldados será publicado em breve. A confirmação foi feita em julho, pelo vice-governador do estado, Rodrigo Garcia, durante reunião virtual das comissões de administração pública e relações do trabalho e fiscalização e controle da Assembléia Legislativa (Alesp).

A corporação já conta com concurso autorizado desde 25 de janeiro, para o preenchimento de 5.400 postos de soldados, por meio de dois editais, com 2.700 cada. O primeiro já estava previsto para ser publicado no primeiro semestre, o que acabou não ocorrendo em virtude da suspensão dos preparativos em virtude da crise de saúde. O documento já estava praticamente pronto, inclusive com contrato assinado com a banca, a Fundação Vunesp. 

Concurso Incra

O aguardado novo concurso Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) pode finalmente ocorrer em 2021. Acontece que a seleção conta com decisão favorável por parte do Tribunal de Contas da União (TCU) desde 2019 e vem sendo defendida, inclusive, pelo vice-presidente da República, Hamilton Mourão, que considera necessário reduzir a ação de militares de atividades de fiscalização, com o reforço de pessoal próprio de órgãos como o Ibama e o Incra.

Concurso AGU – Advocacia Geral da União

Um novo concurso AGU (Advocacia Geral da União) está previsto para ocorrer no próximo ano. O órgão já conta com parecer por parte da comissão técnica interna, para o preenchimento de 200 vagas em seu quadro de pessoal, de acordo com divulgação do procurador da fazenda Nacional, Jurandi Ferreira, por meio de suas redes sociais.

As oportunidades previstas são para os cargos de advogado da união e procurador geral da fazenda nacional, com 100 postos cada. Nos dois casos, os interessados devem possuir formação superior em direito e dois anos de experiência jurídica. Os iniciais são de R$  17.330,33 para advogado e R$ 19.655,67 para procurador. Novas informações devem ser anunciadas em breve.

Concurso Prefeitura de São Paulo

Um novo concurso da Prefeitura de São Paulo está previsto para ocorrer em 2021. No último dia 30 de julho, o prefeito Bruno Covas sancionou a lei 17.433, que reorganiza a administração pública municipal indireta e determina a criação de novas autarquias e extinção de diversas autarquias e empresas públicas.

A principal mudança é a criação da Agência Reguladora de Serviços Públicos do Município de São Paulo (SP Regula), com um quadro total de 550 vagas, para preenchimento por meio de concurso. Do total, 400 postos são destinados para quem possui ensino médio e 150 para nível superior, com remunerações iniciais de até R$ 8.500.

Concurso CG DF – Controladoria Geral do DF

O novo concurso CGDF (Controladoria Geral do Distrito Federal) já consta com confirmação na Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2021, sancionada pelo governador Ibaneis Rocha, em 4 de setembro. Desta forma, o aguardado edital tende a ser finalmente liberado no decorrer do próximo ano. O documento foi sancionado com o total de 43 vagas inicialmente previstas para o preenchimento imediato, mas é possível que a seleção também seja destinada a formar cadastro reserva de pessoal.

A seleção será para a carreira de auditor de controle interno, que exige formação de nível superior em qualquer área de formação.

Concurso TRT PR

O novo concurso TRT PR (Tribunal Regional do Trabalho do Paraná – TRT 9ª) deve ficar mesmo para o próximo ano. Embora a expectativa inicial fosse publicar o edital de abertura de inscrições ainda este ano, o órgão confirmou que não contará com dotação orçamentária para as contratações. De qualquer forma, quem pretende ingressar no órgão não deve desanimar, pois a necessidade de pessoal e a intenção de reforçar o quadro de servidores persistem.