Aposentadorias aceleram um novo concurso do MPU

Redação

Entrevistamos Paula Patrícia Félix da Cunha, servidora do Ministério Público da União e diretora executiva nacional do Sindicato Nacional dos Servidores do MPU, CNMP e ESMPU.

CC: Por que o concurso do MPU não saiu em 2017?

Com a Emenda Constitucional nº 95, os limites de gastos dos órgãos públicos foram diminuídos. Então foi preciso cancelar o concurso de 2017 do MPU por causa deste corte orçamentário.

CC: Há um déficit de servidores no MPU no momento?

Sim. Faltam funcionários principalmente nos cargos técnicos da área administrativa. Muitas pessoas pediram a aposentadoria devido à reforma da Previdência e há casos de servidores que permanecem por pouco tempo na função e saem, em busca de outras oportunidades.

Não fomos informados ainda sobre o total de vagas disponíveis nem o mês do concurso, mas ele está previsto para 2018. O primeiro ou o segundo semestre de 2018.

CC: Os aprovados são nomeados em quanto tempo?

O concurso tem validade de dois anos, prorrogável por mais dois. Como é época de contenção de gastos, os candidatos devem ser chamados aos poucos.